WhatsApp
Coronavírus

Brasileiro tem resultado positivo em exame de coronavírus; governo espera contraprova

Homem de 61 anos é morador de São Paulo e voltou de viagem à Itália na semana passada

25/02/2020 22h22Atualizado há 1 mês
Por: Maico Zanotelli
Fonte: NSC
Reprodução
Reprodução

O Ministério da Saúde investiga a situação de um paciente que pode se tornar o primeiro caso confirmado de coronavírus no Brasil.

Um homem de 61 anos, morador de São Paulo, viajou para a região da Lombardia, no Norte da Itália, entre 9 e 21 deste mês — sexta-feira da última semana. No retorno ao Brasil, o paciente procurou o Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de SP, com sintomas brandos da doença, como tosse.

No atendimento, o hospital colegou amostras para testes sobre vírus respiratórios comuns e sobre o novo coronavírus.

Após os resultados preliminares da unidade de saúde darem positivo para o novo coronavírus, o hospital notificou o Ministério da Saúde e enviou uma amostra para o laboratório do Instituto Adolfo Lutz, referência nacional na testagem de coronavírus, como uma contraprova.

O teste está em andamento e deve ter resultado divulgado nesta quarta-feira (26). O homem viajou a trabalho à Itália e tem sintomas como febre, tosse seca, dor de garganta e coriza, que são compatíveis com o coronavírus.

"O paciente está bem, com sinais brandos e recebeu as orientações de precaução padrão", informou o Ministério da Saúde, em nota.

A Itália é o segundo país fora da China com mais casos do coronavírus. Até esta quarta-feira, o país já havia registrado 11 mortes por conta da doença no país. Apenas a Coreia do Sul tem mais casos de coronavírus fora da China.

Pessoas que vieram da Itália no mesmo voo que o paciente suspeito e que estiveram no hospital e em casa com o paciente estão sendo contatadas pela Secretaria de Saúde de São Paulo, com apoio da Anvisa e da companhia aérea. Por enquanto, eles serão monitorados, mas está descartada qualquer hipótese de quarentena.

Em nota, o Ministério da Saúde pregou cautela por conta de o exame no Instituto Adolfo Lutz ainda não ter resultado divulgado. "Este processo de validação dos resultados está em curso e o Ministério da Saúde divulgará o laudo final da investigação oportunamente. A pasta recomenda, portanto, cautela sobre quaisquer informações que não sejam as oficiais, uma vez que a investigação não está concluída", afirma um trecho da nota oficial.

Até o momento, o Ministério da Saúde já havia descartado 55 casos suspeitos de coronavírus e tinha outros quatro pacientes de São Paulo na condição de investigação. O país não tinha nenhum caso com resultado positivo para o coronavírus na testagem.

Dos 55 casos descartados, quatro eram de Santa Catarina, que foram notificados como suspeitos, mas descartados depois de testes que comprovaram se tratar de infecções por variações do vírus Influenza, causador da gripe.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários