WhatsApp
São Bento do Sul

Médico é suspeito de importunação sexual durante consulta em cidade de SC

Ele chegou a ser preso, mas foi liberado horas depois pela Justiça. Mulher procurou delegacia para denunciar o profissional de saúde.

16/02/2020 21h31
Por: Maico Zanotelli
Fonte: G1
Reprodução | Oeste em Foco
Reprodução | Oeste em Foco

Um médico foi preso em flagrante, e horas depois liberado pela Justiça, pelo crime de importunação sexual durante uma consulta numa clínica particular em São Bento do Sul, no Norte catarinense. A Polícia Civil abriu inquérito sobre o caso, informou o delegado Lucas Davanso Mendonça.

A prisão foi na manhã de sexta-feira (14), depois que uma mulher foi à delegacia e disse que tinha sido assediada pelo médico durante exames periódicos pedidos pela empresa onde ela trabalha, disse Mendonça.

A vítima relatou que o profissional de saúde a teria tocado de forma inapropriada depois que ela se queixou de uma infecção urinária e que o médico colocou o estetoscópio debaixo de seu sutiã, fazendo depois comentário sobre a cor da peça íntima e das unhas dela.

A polícia foi até o local e deteve o médico ainda dentro da clínica. Ele foi levado à Delegacia de Polícia e, durante interrogatório, negou ter cometido qualquer crime. O profissional foi autuado em flagrante por importunação sexual, cuja pena é de cinco anos.

O crime é inafiançável e o suspeito chegou a ficar preso na cela da delegacia, mas foi liberado no início da noite por decisão judicial para responder em liberdade. O caso foi remetido à Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários