WhatsApp
Punição

Presidente do Irã promete a colega ucraniano castigar culpados por tragédia do avião

Queda da aeronave deixou 176 pessoas mortas

11/01/2020 16h42Atualizado há 6 dias
Por: Maico Zanotelli
Fonte: Correio do Povo
Rouhollah Vahdati / ISNA / AFP / CP
Rouhollah Vahdati / ISNA / AFP / CP

O presidente do Irã Hassan Rohani prometeu a seu colega ucraniano "levar à justiça" os responsáveis pela catástrofe do avião ucraniano derrubado por um míssil iraniano que deixoi 176 mortos, anunciou a presidência da Ucrânia neste sábado. Rohani "garantiu que todos os envolvidos no desastre aéreo serão levados à justiça", em entrevista por telefone com o chefe de Estado ucraniano Volodymyr Zelensky.

Banner

A conversa ocorreu horas depois de Teerã ter admitido que abateu o avião com o sistema de defesa do país. De acordo com as Forças Armadas do país, houve erro humano. Anteriormente, o governo havia negado que a aeronave tinha sido derrubada pelo país. 

Segundo o Irã, o soldado encarregado das operações confundiu o avião de passageiros com um "míssil de cruzeiro" e teve "10 segundos" para decidir o disparo, disse o brigadeiro-general Amirali Hajizadeh, comandante do ramo aeroespacial da Guarda Revolucionária iraniana, que assumiu a responsabilidade pela tragédia.

A derrubada do avião ocorreu horas após o início de uma ofensiva iraniana contra bases dos Estados Unidos no Iraque, na terça-feira – já madrugada de quarta no Oriente Médio. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários