WhatsApp
Novo isolamento!

Após voltar da China, morador de SC passa pela segunda quarentena por coronavírus

Ele chegou em solo brasileiro há pouco mais de duas semanas

25/03/2020 11h47
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco
Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal

Um catarinense vive a segunda quarentena por causa do coronavírus desde o começo do ano. Ex-velejador e atual técnico de vela, Bruno Fontes passou 45 dias em isolamento na China, retornou ao Brasil para ficar próximo da família e está em Florianópolis em nova quarentena.

​Ao se aposentar da carreira como atleta, após os Pan 2019, realizado em Lima, no Peru, Bruno Fontes assumiu integralmente a função de técnico de vela na China, função que atuava há seis anos e desde 2016 passou a treinar atletas do time olímpico chinês. Ele estava no país do oriente quando foi determinada quarentena. Bruno ficou em um hotel junto de atletas por 45 dias.

- Foram dias difíceis e que passaram. Eu convivia com pessoas que não falavam minha língua, com hábitos diferentes. Agora estou em casa. Na China criei tarefas, de alimentação, de treinamento e da minha equipe. Assim passei bem - relata o paranaense de nascimento que é radicado em Santa Catarina desde a infância. 

Passados os 45 dias na China, Bruno Fontes retornou ao Brasil para ficar próximo da família, que mora em Florianópolis. Ele chegou em solo brasileiro há pouco mais de duas semanas e, em casa, passa a sua segunda quarentena - desde a quarta-feira passada vigora decreto de emergência por isolamento social como prevenção à proliferação do coronavírus. Ele preferiu não retornar à China para ficar próximo dos familiares e encarar novo período de isolamento. 

- Teria que voltar nesta segunda (23) para a China. Mas abdiquei de sonho para estar com a minha família. Por isso, peço para que as pessoas daqui sejam fortes e flexíveis. Logo tudo vai voltar ao normal e estaremos mais fortes para encarar desafios - motivou.

Em sua segunda quarentena desde o começo do ano. O ex-velejador e atual treinador do vela deixa um ensinamento para os catarinenses que estão nos primeiros dias de isolamento social. 

- Queria dizer que cada um deve fazer sua parte e estes dias vão passar. Vão passar mais breve se cada um fizer sua parte. Tempos difíceis requerem decisões difíceis. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários