WhatsApp
Chapecó

Alunos da área de saúde vão atuar no combate ao coronavírus em Chapecó

Sistema de telemedicina contará com 10 ramais telefônicos para atendimento. Estima-se que o sistema comece a funcionar na próxima semana

23/03/2020 22h34
Por: Maico Zanotelli
Fonte: ND+
Willian Ricardo / ND
Willian Ricardo / ND

O diretor-geral da OMS (Organização Mundial de Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta segunda-feira (23), que a pandemia está acelerando. Com isso, há necessidade de mais profissionais na área da saúde.

Prevendo o avanço da doença, o Ministério da Educação (MEC) anunciou, no fim da semana passada, que estudantes universitários dos cursos de saúde estão autorizados a atuarem nas ações de combate ao Covid-19. A medida foi publicada em portaria na edição extra do Diário Oficial da União.

De acordo com a diretora técnica da Secretaria de Saúde de Chapecó, Aldarice Pereira da Fonseca, está sendo criada no município uma ferramenta que vai ajudar na triagem dos pacientes com suspeita da doença. O sistema vai funcionar como telemedicina.

“Foi ofertado a plataforma da Amplimed, por médicos da rede privada e de forma gratuita. Nesta plataforma de atendimento teremos uma linha telefônica com 10 ramais que será atendida por acadêmicos”, destacou Aldarice.

São alunos de medicina que cursam os últimos dois anos da graduação e estudantes de enfermagem, farmácia e fisioterapia que estão no último ano do curso. Os acadêmicos serão orientados por médicos voluntários de universidades públicas e privadas durante o atendimento.

“A pessoa liga, marca uma vídeo chamada ou ligação, fala os sintomas do problema. Aí tem todo um procedimento a ser seguido de orientação e medicação”, disse a diretora.

Paciente poderá receber receita médica

Se houver indicação de medicação, o paciente não vai precisar de deslocar até uma rede de saúde para buscar a receita médica, pois, receberá o documento através de foto no WhatsApp. Depois, basta ir até uma farmácia.

Aldarice Pereira salienta que, pensando neste projeto, o município decretou no último domingo (22) a emissão de receita médica e atestado digital, em Chapecó.

“A secretária de Saúde vai fazer uma portaria para detalhar o regramento deste decreto, pois, não são para todos os medicamentos que vão ser dispensados”, pontua a diretora.

Ao todo serão seis medicamentos que podem ser receitados pela plataforma online e atestado médico.

Paciente será acompanhado

Conforme a diretora técnica da Secretaria de Saúde de Chapecó, os pacientes vão ser monitorados quanto a evolução da doença. Se houver gravidade, o caso será encaminhado para atendimento em um espaço especializado.

“Tenho certeza que quando ficar pronto, certamente será de grande importância para toda rede e população, pois, os pacientes vão poder circular menos e ter uma orientação quando eles estiverem dúvidas”, completou a diretora.

Aldarice conclui que são mais de 50 voluntários no projeto. No início alguns vão ser treinados e outros vão ficar em um time de reserva. “É um trabalho muito bonito e interessante que vai nos ajudar bastante”, finalizou. 

MEC aprova a ideia 

O MEC diz que a atuação dos alunos será supervisionada por profissionais registrados em seus conselhos e pela orientação docente realizada pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS). As instituições de ensino deverão usar a carga horária dedicada pelos alunos nas ações de enfrentamento como horas de estágio curricular obrigatório. 

“Essa atuação dos alunos será considerada de caráter relevante para o país e será considerada na pontuação para ingresso nos cursos de residência. Caberá ao Ministério da Saúde a seleção, a capacitação e a alocação dos alunos após articulação com os órgãos de saúde estadual, distrital e municipal”, acrescentou o MEC, em nota.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários