São Miguel do Oeste e outras cidades de SC têm protestos contra a reforma da previdência

Por Oeste em Foco 06/12/2017 - 14:30 hs
Foto: CUT

Cidades de Santa Catarina registraram protestos contra a reforma da previdência nesta terça-feira (5). De acordo com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), pela manhã houve manifestação em São Miguel do Oeste, no Oeste. À tarde, em Joinville, Norte catarinense, e em Florianópolis.

A proposta da reforma da previdência, enviada pelo governo ao Congresso em dezembro de 2016, foi aprovada pela comissão especial da Câmara em maio deste ano, mas, desde então, não avançou por falta de consenso entre os parlamentares.

Florianópolis

Às 15h manifestantes se concentraram em Florianópolis no Largo da Alfândega, no Centro, para se prepararem para uma caminhada por ruas centrais, segundo a CUT. Conforme a Polícia Militar, havia aproximadamente 400 pessoas no protesto. A organizaçãonão informou o número de participantes.

Os manifestantes foram até o Terminal de Integração do Centro (Ticen) da capital e bloquearam a Avenida Paulo Fontes em frente ao terminal, por cerca de 15 minutos. Depois, voltaram a ficar na calçada em frente ao Ticen. Algumas linhas do transporte coletivo pararam.

Houve distribuição de panfletos e a manifestação foi encerrada por volta das 17h30, com liberação das linhas de ônibus paradas.

Aeroporto

Pela manhã, ainda na capital, servidores federais e estaduais fizeram um protesto contra a reforma da Previdência no Aeroporto Internacional Hercílio Luz. Eles abordaram parlamentares antes do embarque para Brasília pedindo que votassem contra a reforma.

Cerca de 80 servidores entre policiais rodoviários federais, policiais federais, fiscais agropecuários, policiais civis e militares de Santa Catarina estiveram no saguão do aeroporto das 7h às 9h.

Joinville

Por volta das 16h, começou o protesto em Joinville. A manifestação ocorre na Praça da Bandeira, Centro da cidade. A Polícia Militar informou que acompanha o protesto, mas não soube informar o número de participantes. O G1 não conseguiu contato com os organizadores.

São Miguel do Oeste

Em São Miguel do Oeste, trabalhadores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Extremo Oeste de Santa Catarina entregaram panfletos das 3h às 8h30 no Centro e em frigoríficos da cidade.

Fonte: G1