Águas de Chapecó - Criança baleada é transferida de helicóptero para Chapecó

Atuação do Sara/Saer foi fundamental para diminuição do tempo resposta no atendimento a vítima por equipe especializada

Por Júnior Recalcati 20/09/2017 - 19:46 hs
Foto: Sara | Saer

Uma criança de dez anos alvejada por um disparo de arma de fogo na tarde desta quarta-feira (20), em Águas de Chapecó, foi transferida do Hospital de São Carlos, pelo helicóptero do Serviço Aeropolicial de Fronteira (Saer/Fron), ao Hospital Regional de Chapecó (HRO). A vítima apresentava perfuração no peito, próximo ao coração, e dificuldade respiratória.

Apesar da gravidade do ferimento, o paciente estava consciente.  A suspeita é de que o disparo tenha sido acidental, no entanto, o caso deve ser investigado. Segundo os bombeiros, a vítima estava sozinha em casa, quando ao mexer com uma arma que estava em um armário, acabou disparando acidentalmente. O menino foi socorrido pelos familiares e levado para atendimento no Hospital Padre João Berthier de São Carlos onde, posteriormente, a equipe de saúde acionou o Saer para a transferência a uma unidade de referência.

De acordo com o Saer, foram 14 minutos de voo até Chapecó. Profissionais do Serviço de Atendimento e Resgate Aeromédico (Sara), que atuam em parceria com o Saer, destacam a importância do helicóptero nas missões de Resgate. Conforme a equipe, é evidente a diminuição do tempo resposta onde desde a chegada da criança ao Hospital, até seu atendimento no HRO por especialistas, demorou menos de 45 minutos.

Fonte: Oeste em Foco